Arquivo da Categoria "O Método"

História do Método

Postado por artedomovimento em 06/out/2017 - Sem Comentários

História do Método Pilates

–>

O Método Pilates visa buscar a unidade do homem, fugindo da visão de objeto científico, limitando o homem apenas a um amontoado de termos anatômicos, uma vez que o homem é um ser com sentimentos, pensamentos e ações.

–>

Origem e Evolução
Esse método foi criado por Joseph Humbertus Pilates (1880 – 1976), nascido na Alemanha, em uma cidade chamada Monchengladbach, portador de saúde frágil na infância sofreu de asma, bronquite, raquitismo e febre reumática, por esses motivos tornou – se praticante de esportes como ginástica, esqui, boxe e mergulho. Autodidata estudou anatomia, fisiologia, e medicina tradicional chinesa.
No ano de 1912 tornou – se boxeador profissional e lecionou autodefesa para detetives da Scotland Yard e artista de circo.
Em 1914, na época da Segunda Guerra Mundial ele foi exilado, considerado inimigo e mandado para uma ilha inglesa, Lancaster, ficou recluso no campo de concentração onde trabalhou em um hospital com exilados e mutilados, atuou como enfermeiro, começou a utilizar as molas das camas do hospital para o tratamento médico, o que acredita – se que foi a base para mais tarde desenvolver um sistema de exercícios e equipamentos. Equipamentos esses que são utilizados até hoje: Reformer, Cadillac, High Chair, Wunda Chair, Arm Chair, Ladder Barrel, Spine Corrector, Mini Barrel, Wall Unit, Guillotine, Ped-o-pull, além dos vários acessórios, Magic Circle, Neck Stretcher, Foot Corrector, Toe Exerciser, Push Up Device, Airplane Board e Sand Bag.
Depois de alguns anos voltou para Alemanha, Hamburgo, onde permaneceu por pouco tempo. Teve o trabalho reconhecido quando, em 1918, ocorreu uma epidemia do vírus Influenza, dizimando milhares de ingleses, e nenhum dos internos sob seu treinamento foi afetado. Apesar de reconhecido os benefícios dos exercícios na época não existiam comprovações científicas.
Seu primeiro Studio foi aberto em 1926 quando se mudou para Nova Iorque, onde recebeu influencia da dança, especialmente ballet, pois o Studio era localizado em frente a uma Escola de Ballet.

Joseph Pilates, Irena (amiga próxima de Joseph), Clara Pilates e a sobrinha de Pilates, Mary Pilates.
http://www.easyvigour.net.nz/pilates/pnewyorkpilatesstudio1.jpg
Joe Pilates, chamado assim por amigos, faleceu em 1967, aos 87 anos, quando inalou grande quantidade de dióxido de carbono em um incêndio em seu estúdio, na tentativa de salvar seus equipamentos. Sem deixar herdeiros, Clara Pilates sua esposa assumiu o Studio, dando continuidade ao trabalho do marido, por volta de 1970, ela passou o cargo a Romana Kryzanowska, uma antiga aluna de Pilates dos anos 40.
Disponível:http://pilatesbytatiana.files.wordpress.com/2008/01/joeclara.jpg
Foi combinando arte e ciência que Joseph H. Pilates idealizou e tornou possível essa modalidade de atividade física que vem para promover o desenvolvimento equilibrado de mente e corpo. Para originar o método ele usou de princípios orientais como yoga, artes marciais e princípios ocidentais, alongamento, flexibilidade, ginástica medica de P. H. Ling, fisiculturismo de Eugen Sandow e a pedagogia da dança de Rudolph Laban.
O próprio Joseph jamais se referiu ao seu método de Pilates, ele denominou de Contrologia, hoje em dia o método ficou conhecido pelo sobrenome de seu criador, “Pilates”, ele acreditava que uma pessoa saudável era aquela com uma mente forte e controle total de seu corpo e com esse pensamento acabou criando mais de 500 exercícios, caracterizados por alongar e fortalecer globalmente e simultaneamente a musculatura corporal, esses exercícios podem ser realizados no solo, que seria o Mat Pilates, ou em equipamentos que o mesmo inventou, dotados de molas e polias para prover resistência.
Porém foi sua esposa Clara Pilates, enfermeira profissional, que ao longo do tempo aperfeiçoou os conceitos e exercícios de maneira a beneficiar efetivamente os clientes com lesões físicas ou em condições de saúde mais precária.
Somente a partir da década de 1930, seu método foi consagrado entre bailarinos e atores americanos, e na década de 1990, esses ensinamentos se difundiram como prática de profissionais de saúde das áreas da reabilitação. Hoje em dia o método atingiu as pessoas que procuram qualidade de vida por meio da pratica de exercícios físicos, sendo praticado por milhões de indivíduos.

Disponível em http: www.susankramer.com/calorynn4.jpg
Durante a vida, Joseph Pilates não quis tornar seu estúdio uma empresa ou registrar nenhuma marca e jamais tentou tornar essa palavra um atrativo de propriedade comercial, ajudou alguns alunos a montarem estúdios isolados, sem relação comercial com eles. Ou seja, a marca só foi registrada em 1984, dezesseis anos após seu falecimento, não tendo nada a ver com os ideais de Joseph H. Pilates. Em 2000, a Corte Federal de Manhattan anunciou a conclusão final do processo que discutiu a validade da palavra “Pilates” nos Estados Unidos, anulando todos os registros e reconhecendo-o como método de exercícios para uso público, como também acontece na Austrália, Inglaterra e Canadá. O registro da marca “Pilates” nada mais passa de puro interesse financeiro, fugindo totalmente dos ensinamentos que foram passados por Joseph H. Pilates.
No Brasil, Alice Becker Denovaro foi a primeira brasileira a apresentar certificação no Método Pilates, em 1991 iniciou em Salvador o primeiro estúdio brasileiro de Pilates, licenciada exclusiva da Polestar Education para a América do Sul, a Polestar Education modificou o sistema de técnicas de Joseph Pilates, adicionando outras técnicas como RPG e Feldenkrais, e novos procedimentos aos exercícios.
Outros destaques no Brasil foram surgindo, como a dançarina Ruth Rachou, que em 1993 introduziu a técnica no Espaço de Dança Ruth Rachou, em São Paulo, Maria Cristina Rossi Abrami, Educadora Física, se certificou pela Physicalmind Institute, no México, inciando suas atividades em 1994 no Centro de Ginástica Postural Angélica também em São Paulo, em 1996, Inélia Garcia, Educadora Física, recebe sua certificação pelo The Pilates Studio de Nova York e iniciando em 1998 em São Paulo cursos certificados pelo mesmo centro em que se certificou. Enfim em 1997, Elaine Demarkondes também iniciou cursos de formação de professores em Curitiba, sendo ela representante do Physicalmind Institute.
Recentemente no Brasil universidades abriram o curso de Pilates, em nível latu senso, o que dignifica ainda mais a profissão dos instrutores no pais, iniciando pesquisas e afastando o monopólio das marcas internacionais, provando que no pais existem profissionais de peso prontos a formar instrutores capacitados.

Compartilhe a informação!

https://www.instagram.com/artedomovimento/

https://www.facebook.com/artedomovimentopilates/